Rui Costa espera documentos para licitar nove hotéis na Bahia, e o de Cipó-BA está na lista

Dá para alguém de bom senso imaginar que os prédios do Centro Administrativo da Bahia (CAB) não pertencem ao Estado? Óbvio que não, mas se se perguntar a quem de direito, no caso, Rui Costa, se tal documentação está nos trinques, a resposta é surpreendente: não. Ou seja, o Estado é dono, Deus e o mundo sabem, mas documentalmente não prova que é.

Essa situação ocorre com grande parte da documentação do patrimônio imobiliário do Estado da Bahia. Rui diz estar empenhado em regularizar e só quando isto acontecer ele vai poder licitar um pedaço dos imóveis pertencentes à Empresa Bahiana de Desenvolvimento Agrário (EBDA) e Bahiatursa.

Uma parte desses imóveis já estão sendo usados por outros órgãos, como a PM. Mas a ideia é licitar o que não interessa. No bojo dos candidatos imediatos a licitação estão nove hotéis que eram da Bahiatursa, agora agregados ao Estado.

A lista — A lista dos hotéis a caminho do pregão inclui os de Cipó, Juazeiro, Jacobina, Piritiba, Uauá, Euclides da Cunha, Campo Formoso, Cícero Dantas.

Alguns funcionam bem, como os de Juazeiro e Jacobina. Outros sofrem de visível desvio de finalidade, como o de Uauá, que virou residência.

Fonte: Arildo Leone
Com informações: A Tarde

Nenhum comentário

vitrine