Com inadimplência, apenas 80 municípios se inscrevem em edital de festas juninas

Após dois adiamentos da seleção pública para patrocínio de festas juninas dos municípios, encerrado nesta terça-feira (6), apenas 80 prefeituras se inscreveram para receber recursos da Bahiatursa para promover os festejos. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (8) pelo secretário de Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes. “Fizemos dois adiamentos para que pudéssemos atingir o maior número de munícipios possíveis, não passou de 80 municípios. Os que conseguiram resolver farão os convênios, vamos começar a efetuar o repasse dos recursos”. 

Para firmar a parceria, os Municípios não podem estar inadimplentes e ter suas contas regularizadas. De acordo com Josias, a quantidade de prefeituras que conseguiram patrocínio foi semelhante ao último ano – menos de 90 gestores. Diante da situação, o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), prefeito de Bom Jesus da Lapa, se manifestou publicamente, sugerindo que o governador autorizasse a contratação direta de produtoras e atrações pela Bahiatursa. “Ocorre que o pleito feito pelo presidente carece de uma sustentação financeira do Estado também para atender a demanda. Se não todos, mais de 90% fazem os festejos juninos.

 Aí reside o problema, o Estado não é capaz de atender todos os municípios”, afirma o secretário. Josias afirma que o governo deve pensar como atender a mais municípios, mas, a 16 dias do São João, não é foco prioritário. “Não estamos pensando como solucionar essa questão agora não. Primeiro vamos ver o fluxo de caixa para os que estão com a situação de adimplência”, explica. De acordo com o titular da Serin, os recursos concedidos variam entre R$ 30 mil e R$ 100 mil. Segundo Josias, é considerado o histórico de festas juninas da cidade, entre outros critérios. 

“Tem várias questões que são cortejadas, têm municípios tradicionais. O governador decide o quanto vai ser vai ser destinado a cada um deles”.

Fonte: BN

Nenhum comentário

vitrine