MP apura acusação de gastos indevidos da UPB em evento em resort de luxo

O 5° Encontro de Prefeitos da Bahia realizado em dezembro do ano passado pela União dos Municípios da Bahia [UPB] ainda dá pano para manga. Pelo fato de usar um resort de luxo em Guarajuba, no Litoral Norte – cujas diárias saíam por R$ 1 mil – a UPB recebeu críticas pelo encontro feito em meio à crise financeira. Agora, o Ministério Público da Bahia instaurou um inquérito para apurar a denúncia de gastos indevidos pela UPB no evento, ainda sob gestão da então presidente Maria Quitéria. 

Pelo que o Bahia Notícias apurou, a promotora de Justiça Heliete Viana já enviou ofício à UPB, pedindo várias informações. O MP quer saber, por exemplo, quais foram as fontes de financiamento, quantos prefeitos foram ao encontro, se houve custos de inscrição e como se deu o custeio das mesmas, além da programação oficial do evento. A UPB ainda não se manifestou sobre o ofício. 

À época do evento, a entidade declarou que o encontro recebeu apoio de diversas entidades públicas e privadas, mas não revelou o custo total do encontro.Do bahia noticias

Nenhum comentário

vitrine