ENSINO MÉDIO PIORA NA BAHIA E MAIS OITO ESTADOS, APONTA IDEB

 

Os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, divulgados nesta terça-feira (14), indicam melhora na qualidade nos primeiros anos do ensino fundamental. Os resultados, porém, não são animadores no ensino médio. Entre 2009 e 2011, o Ideb do ensino médio subiu apenas 0,1 ponto, passando de 3,6 para 3,7. 
 
A meta nacional esperada para o período foi atingida, mas em nove estados, entre eles a Bahia, o índice piorou em relação à edição anterior. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, argumentou que “internacionalmente” o ensino médio continua sendo um “grande desafio” para qualquer sistema educacional. Ele defendeu que o currículo da etapa precisa ser reformulado porque é muito sobrecarregado. 
 
Em algumas redes de ensino, o total de disciplinas chega a 19. “É uma sobrecarga muito grande que não contribui para você ter foco nas disciplinas essenciais, como língua portuguesa, matemática e ciências”, disse. Outro problema do ensino médio, segundo Mercadante, é a falta de professores com formação específica para algumas áreas, como matemática e ciências, além da alta concentração de matrículas no turno noturno – 30% dos jovens do ensino médio estudam à noite. 
 
Nota do Estado da Bahia
Ideb 2009: 3,3 pontos
Ideb 2011: 3,2 pontos
Meta 2011: 3,2 pontos
 
 
Fonte: Ronaldoleite 

Nenhum comentário

vitrine